31 dezembro 2018

Jesus minha glória

Ó SENHOR Deus
Tu me ordenaste crer em Jesus;
e que eu não fuja para nenhum outro refúgio,
nem me lave em nenhuma outra fonte,
não construa sobre nenhum outro fundamento,
nem receba de nenhuma outra plenitude,
ou descanse em nenhum outro auxílio.
A Sua água e sangue não foram interrompidos em seu fluxo na cruz,
que eles nunca estejam separados em minha convicção e experiência;
Que eu esteja igualmente convencido da culpa e poluição do pecado,
e sinta a minha necessidade de um príncipe e salvador,
implore a Ele arrependimento, bem como por perdão,
ame a santidade e seja puro de coração
tenha a mente de Jesus e pise em seus passos.
Não me entregue à minha disposição natural,
mas alegre-me de que estou sob os cuidados
de quem é sábio demais para errar
muito gentil para ferir
muito terno para esmagar.
Que a ninguém eu venha a escandalizar pelo meu temperamento e conduta,
mas apresente e mostre amável Cristo ao que estão ao redor,
conceda bondade a todos, conforme as circunstâncias permitir
e não desperdice a nenhuma oportunidade de ser útil.
Conceda que eu possa valorizar minha essência,
não como um meio de orgulho e luxúria,
mas como um instrumento do meu apoio e mordomia.
Ajude-me a orientar as minhas afeições com discrição
para não dever nada a ninguém,
para poder dar àquele que precisa,
para usufruir o meu dever e prazer de ser misericordioso e perdoador,
para mostrar ao mundo a semelhança de Jesus.

28 dezembro 2018

Somente Cristo

Ó Deus,
O Teu plano principal e o propósito da Tua vontade
é fazer Cristo glorioso e amado no céu
onde Ele está ascendido,
onde um dia todos os eleitos verão a Sua glória
e amar e glorificá-Lo para sempre.
Embora aqui eu o ame, todavia, ainda é pouco,
Que esta seja a minha porção final.
Neste mundo Tu me deste um começo,
um dia será aperfeiçoado neste reino.
Tu me ajudaste a ver e conhecer a Cristo, ainda que obscuramente,
aceitar, receber, possuir e amá-lo,
para bendizê-Lo em meu coração, boca e vida.
Deixe-me estudar e defender a disciplina
e todas as formas de adoração,
por amor a Cristo;
e mostrar a minha gratidão;
buscar e conhecer a Tua vontade a partir do amor,
e mantê-la em amor,
e diariamente cuidar e preservar esse estado do coração.
Tu me levaste a colocar todo o meu ser e felicidade
em unidade com Cristo,
em ter coração e mente centrados apenas Nele,
em ser como Ele em se comunicar bem com os outros;
Este é meu paraíso na terra,
Mas eu preciso da força, energia e impulsos do Teu Espírito
para me levar a caminho da minha Jerusalém.
Aqui está o meu dever
ser como Cristo neste mundo,
fazer o que Ele faria
conduzir-me como Ele viveria,
andar em amor e mansidão;
então, Ele será conhecido,
e eu terei paz na morte.

O Nome de Jesus

Deus perscrutador,
Tu lês o coração
observaste o início e os motivos das ações,
Vês mais contaminação em meus deveres
do que eu já vi em alguns dos meus pecados.
Os céus não estão limpos à Tua vista,
e Tu acusará até mesmo os anjos que cometeram loucura;
Estou pronto para fugir de mim por causa de minhas abominações;
Contudo, Tu não me odeias
mas planejaste meios para meu retorno para Ti
e isso, por meio de Teu Filho, que morreu para me dar vida.
A Tua honra é garantida e exposta mesmo em minha fuga de Tuas ameaças,
e que, por meio de Jesus, em quem a misericórdia e a verdade se encontram,
a justiça e a paz se beijam.
Nele os escravizados encontram a redenção
o culpado recebe perdão,
o profano experimenta renovação;
Nele há força perpétua para os fracos
riquezas insondáveis para os necessitados,
tesouros de sabedoria e conhecimento para os ignorantes,
plenitude para o vazio.
No Teu gracioso chamado,
eu ouço, aceito, venho, aplico e recebo sua graça,
não somente submeto-me à sua misericórdia, mas aceito-a,
não somente vejo a glória na cruz, mas Naquele que foi crucificado e morto,
não somente tenho alegria no perdão, mas Naquele por quem vem a expiação.
As Tuas bênçãos são tão seguras quanto gloriosas;
Tu providenciaste minha segurança e minha prosperidade,
e prometeste que ficarei firme e me fortalecerás.
Ó Senhor Deus, sem o perdão do meu pecado eu nunca descansarei satisfeito,
sem a renovação da minha natureza pela graça, eu nunca ficarei descansado,
sem as esperanças do céu eu não estarei em paz.
Tudo isto tenho em Teu Filho Jesus; bendito seja o Teu nome.

União com Cristo

Ó Pai,
Fizeste o homem para a Tua própria glória,
por isso ele é fútil quando não é um instrumento dessa glória;
Nenhum pecado é maior do que o pecado da incredulidade,
pois se a união com Cristo é o maior bem,
a incredulidade é o maior pecado,
transgredindo ao Teu mandamento;
Percebo que seja qual for o meu pecado,
todavia, nenhum pecado é como a desunião de Cristo por causa da incredulidade.
Senhor, impede-me de cometer o maior pecado e apartar-me Dele,
pois nesta vida nunca serei capaz de obedecer perfeitamente e me apegar a Cristo.
é por causa deste pecado que Tu retiras as minhas bênçãos externas,
em não reconhecer que tudo o que tenho vem de Ti,
em não servir-Te através dos meus bens,
em me tornar autoconfiante e endurecido.
As bênçãos legais são os ídolos secretos e causam mais dano;
a maior injúria está no fato de ter,
o maior bem em tirar.
Em amor despojo-me de bênçãos para glorificar-Te mais;
remova o estímulo do meu pecado
de modo que possa estimar o ganho de um pouco mais de santidade,
superando todas as minhas perdas.
Quanto mais eu Te amo com um amor verdadeiramente gracioso, mais eu desejo Te amar,
e quanto mais miserável sou por falta de amor;
Quanto mais eu tenho fome e sede de Ti, mais eu desfaleço e falho em Te encontrar,
Quanto mais meu coração é despedaçado pelo pecado,
mais eu oro para que seja mais quebrantado.
Meu grande mal é que não me lembro dos pecados da minha juventude
nem os pecados do dia que esqueci o próximo.
Preserve-me de todas as coisas que se transformam em incredulidade
ou não sentir falta da união com Cristo.

Plenitude em Cristo

Ó Deus,
Tu me ensinaste
que em Cristo há toda suficiência e toda plenitude do Espírito,
que está Nele toda a plenitude que me falta em mim
para o Seu povo, e não para Ele somente,
Ele possui perfeito conhecimento, graça e justiça,
para me fazer ver,
para me declarar justo,
para me dar plenitude;
é meu dever, por causa de um sentimento de vazio,
ir a Cristo, possuir, gozar da sua plenitude como sendo minha,
como se eu a tivesse em mim, porque Nele, ela é para mim;
quando faço isso eu sou cheio do Espírito,
como um peixe que vai da costa para o mar aberto tem toda a plenitude das águas para entrar,
porque quando a fé me enche, então sou cheio;
este é o caminho para ser cheio do Espírito,
como Estêvão, primeira vem a fé, e depois a plenitude,
deste modo me deixa mais vazio,
para que assim, o Espírito possa me encher mais.
Tu me ensinaste que a descoberta deste tesouro de toda a graça no campo de Cristo
gera força, alegria e glória,
e torna todas as graças vigorosas.
Ajuda-me a deliciar mais no que recebo de Cristo
mais nessa plenitude que está nele
a fonte de toda a Sua glória.
Deixe-me não pensar em receber o Espírito como uma "coisa"
além de encontrar, beber, ser cheio Dele.
Para este fim, ó Deus,
firma-me em Cristo
acalma-me, conceda-me estar Nele,
garanta-me com certeza de que tudo isso é meu,
pois isso só encherá o meu coração de alegria e paz.

Cristo é tudo

Ó amantíssimo,
Posso ler as melodias do Teu coração para mim
na manjedoura do Teu nascimento
no jardim da Tua aflição,
na cruz do Teu sofrimento
no túmulo da Tua ressurreição
no céu da Tua intercessão.
Audaz neste pensamento eu desafio o meu adversário,
trilho as suas tentações,
resisto aos seus golpes
renuncio ao mundo,
Sou valente por causa da verdade.
Aprofunde em mim uma percepção do meu santo relacionamento Contigo,
como Esposo espiritual,
como o Companheiro de Jeová,
como Amigo de pecadores.
Penso na Tua glória e na minha vileza
a Tua majestade e minha maldade,
a Tua beleza e minha deformidade
a Tua pureza e minha imundície
a Tua justiça e a minha iniquidade.
Tu me amaste eterna e imutavelmente,
que eu Te ame como sou amado;
Tu te deste para mim
que eu possa me entregar a Ti;
Tu morreste por mim
que eu posso viver para Ti
em todos os momentos do meu tempo
em todos os movimentos da minha mente
em cada pulso do meu coração.
Que eu nunca brinque com o mundo e as suas seduções,
mas ande ao Teu lado,
ouça a Tua voz
seja revestido das Tuas graças
e adornado com a Tua justiça.

Cristo a Palavra

Meu Pai,
Em um mundo de coisas criadas mutáveis,
Somente Cristo e a Sua Palavra permanecem inabaláveis.
Oh, renunciar todas as criaturas,
para descansar como uma pedra nele que é a fundação,
para permanecer nele, ser sustentado por ele!
Porque todas as minhas misericórdias vêm por meio de Cristo
que planejou, comprou, prometeu e efetuou-as.
Quão doce é estar perto dele, o Cordeiro,
cheio de afeições santas!
Quando eu peco contra ti, transgrido a Tua vontade, amor, vida,
e não tenho consolador, nem nenhuma criatura aonde ir.
O meu pecado não é tanto este ou aquele mal em particular,
mas a minha contínua separação, desunião, distância de ti,
e tendo um espírito perdido de Ti.
Mas Tu me deste um presente, o teu Filho Jesus
como mediador entre Ti e minha alma
como intermediário que em um fosso
sustentando tanto abaixo como acima Dele,
porque só Ele pode atravessar o abismo criado pelo pecado
e satisfazer a justiça divina.
Posso sempre me apropriar deste Mediador, como um realizado alvo da fé,
e só digno de seu amor para atravessar o abismo.
Deixe-me conhecer por sua Palavra que Ele é querido para mim;
Eu sou um com Ele pela Palavra que dele procede,
e pela minha fé;
Se eu me oponho à Palavra, eu me oponho ao meu Senhor quando ele está mais perto;
Se eu receber a Palavra, recebo meu Senhor onde Ele está próximo.
Ó tu que tens o coração de todos os homens na Tua mão,
forma meu coração de acordo com a Palavra,
de acordo com a imagem do Teu Filho,
Assim, Cristo, a Palavra, e a Sua Palavra, serão minha força e conforto.

O Dom dos dons

Oh fonte de todo bem,
O que Te darei pelo dom dos dons,
Teu querido Filho, gerado, incriado,
meu Redentor, representante, fiador, substituto,
seu incompreensível auto-esvaziamento,
seu infinito amor além do alcance do coração.
Aqui está a maravilha das maravilhas:
Ele desceu para me elevar para o alto,
nasceu como eu, para que eu pudesse me tornar como Ele.
Aqui está o amor;
quando sou incapaz de me levantar para Ele,
Ele se aproxima com as asas da graça,
para me levantar para Si mesmo.
Aqui está o poder: quando a Divindade e a humanidade estavam infinitamente separadas
Ele os uniu em unidade indissolúvel, o incriado e o criado.
Aqui está a sabedoria: quando eu estava perdido, sem vontade de voltar para ele,
e nenhum pensamento que planejasse a recuperação,
Ele veio, o Deus encarnado, para salvar-me em tudo,
como homem para morrer minha morte,
derramar sangue, em meu lugar, que fosse satisfatório,
para realizar uma justiça perfeita a meu favor.
Ó Deus, leve-me em espírito aos pastores vigilantes,
e amplie a minha mente;
deixa-me ouvir as boas novas de grande alegria,
e ouvir, crer, exultar, louvar e adorar,
lavar a minha consciência em um oceano de repouso,
meus olhos erguidos para um Pai reconciliado;
coloque-me junto ao boi, asno, camelo e o bode,
para olhar com eles no rosto do meu Redentor,
e Nele considero-me liberto do pecado;
deixe-me com Simeão abraçar o recém-nascido no meu coração,
abraçá-lo com fé eterna,
exultando que Ele é meu e eu sou Dele.
Nele Tu me deste tanto que o céu não pode conceder mais.

Adoração e gratidão

Oh, meu Deus,
Tu és o mais belo, o maior de todos os alvos,
meu coração admira, adora e Te ama
pois meu pequeno vaso está tão cheio quanto possível,
e derramaria fluindo incessantemente toda aquela plenitude diante de Ti.
Quando penso e converso Contigo
dez mil pensamentos agradáveis brotam,
dez mil fontes de satisfação se rompem,
dez mil alegrias refrescantes impermeiam o meu coração,
somando em cada momento de felicidade.
Eu Te bendigo pela alma que Tu criaste,
por adorná-la, santificando-a,
ainda que ela esteja firme em barro estéril;
pelo corpo que me deste
por preservar a sua força e vigor,
por fornecer sentidos a fim de desfrutar das delícias,
pela facilidade e liberdade dos meus membros,
pelas mãos, olhos, ouvidos que cumprem a Tua vontade;
pelo Teu real galardão provendo o meu sustento diário,
pela mesa cheia e taça transbordante,
pelo apetite, o paladar e a doçura,
para alegrias sociais dos parentes e amigos,
pela capacidade de servir aos outros,
por um coração que sente aflições e necessidades,
pela mentalidade de cuidar dos meus semelhantes,
pelas oportunidades de espalhar a felicidade ao meu redor,
pelos amados nas alegrias do céu,
pela minha própria expectativa de Te ver claramente.
Eu Te amo acima do que sou capaz de expressar pela linguagem,
porque Tu és grandioso para as tuas criaturas.
Aumente o meu amor, ó meu Deus, através do tempo e da eternidade.

Deus honrado

Oh Deus
O louvor espera por Ti,
e rendê-lo é o meu mais nobre exercício;
Esta é a dívida de todas as tuas criaturas para Contigo,
porque todas as tuas obras revelam os Teus atributos e cumprem os Teus desígnios;
O mar, a terra seca, o frio inverno, o calor do verão,
a luz da manhã e a sombra da noite estão cheios de Ti,
e Tu me concedes ricamente para desfrutá-los.
Tu és Rei dos reis e Senhor dos senhores;
No Teu prazer, os impérios ascendem e caem;
Todas as Tuas obras Te louvam e os Teus santos Te bendizem;
Deixe-me ser contado com os Teus santos,
assemelhando-me com eles em caráter e condição,
assentando-me com eles aos pés de Jesus.
Que minha religião esteja sempre firmemente enraizada na Tua Palavra,
minha compreensão divinamente informada,
minhas afeições sejam santas e celestiais
meus motivos sejam simples e puros,
e meu coração nunca esteja enganado Contigo.
Livra-me da escuridão natural da minha mente
das corrupções do meu coração,
das tentações a que estou exposto,
das armadilhas diárias que me cercam.
Estou em perigo constante enquanto estou nesta vida;
Deixe seu vigilante olhar sempre em cima de mim para a minha defesa,
Salve-me do poder dos meus inimigos deste mundo e espirituais
e de todos os males dolorosos aos quais me expus.
Até que o dia da vida alvoreça
que haja comunhão irrestrita com Jesus;
Até que a consumação chegue, que possa desfrutar da minha herança
e as primícias do Espírito;
Até que eu termine a minha jornada com alegria, posso prosseguir com diligência,
que em todas as partes manifestem-se os recursos do cristão,
e adornem a Tua doutrina, meu Deus, em todas as coisas.

A principal finalidade do homem

Senhor de tudo o que existe
Há um objetivo que merece o meu maior cuidado
que atrai os meus ardentes desejos,
Isto é, que eu possa responder à principal finalidade para a qual eu existo - para glorificar a ti que me deste,
e fazer todo o bem que puder pelos meus semelhantes;
Na verdade, a vida não vale a pena ser vivida
se ela não for aperfeiçoada para este nobre propósito.
Contudo, Senhor, quão pouco é o pensamento da humanidade!
A maioria dos homens parece viver para si mesmos,
sem muita ou nenhuma consideração pela Tua glória,
ou para o bem dos outros;
Eles sinceramente desejam e ansiosamente perseguem
as riquezas, honras, prazeres desta vida,
supondo que riqueza, grandeza, alegria
façam de suas almas imortais felizes;
Mas, que falsos e ilusórios sonhos são estes!
E quão miseráveis serão aqueles que dormem neles,
porque toda a nossa felicidade consiste em amar-Te
e sendo santo como Tu és santo.
Oh, que eu nunca caia na influência e vaidade,
na sensualidade e loucura do presente mundo!
É um lugar de tristeza indizível, um vasto nada vazio;
O tempo é um momento, um vapor, e todos os seus prazeres são bolhas vazias,
sopro de ventos transitórios
do qual nada de satisfatório pode ser obtido;
Dá-me graça para sempre preservar a aliança Contigo
e rejeitar como desilusão uma expressiva reputação aqui ou no futuro,
juntamente com todos os prazeres e lucros pecaminosos.
Ajude-me a saber continuamente
que não há felicidade verdadeira,
que não seja cumprindo o Teu propósito em mim
além de uma vida no e para o Filho do Teu amor.

Uma presente salvação

Criador e Redentor Deus,
Autor de toda existência, fonte de toda bênção,
Eu Te adoro por me fazer capaz de conhecer-Te,
por me dar razão e consciência,
por me levar a desejar-Te;
Eu Te louvo pela revelação de Ti mesmo no evangelho,
por Teu coração como uma morada de piedade
por Teus pensamentos de paz para comigo
por Tua paciência e benignidade
pela vastidão da Tua misericórdia.
Tu moveste a minha consciência para conhecer como
os culpados podem ser perdoados,
o profano santificado,
o pobre enriquecido.
Que eu esteja sempre entre aqueles
que não apenas ouvem, mas conhecem a Ti,
que andam e se alegram em Ti,
que Te recebe na Tua Palavra e nela encontra vida.
Mantenha-me sempre desejoso
pela presente salvação no Espírito Santo, confortos e alegrias,
por graças espirituais e bênçãos,
para ajudar-me a avaliar meus deveres,
bem como os meus privilégios.
Que eu aprecie a simplicidade e a sinceridade de um caráter piedoso.
Ajuda-me a estar realmente diante de Ti como na aparência estou diante dos homens,
que eu seja um convertido antes de professar religião,
que eu deixe o mundo antes de entrar na igreja,
que eu defina as minhas afeições nas coisas do alto,
que eu evite as loucuras e vaidades proibidas,
que eu seja um dispensador, bem como um participante da graça,
que eu esteja preparado para suportar o mal e fazer o bem.
Oh Deus, me faça digno desse chamado
que o nome de Jesus seja glorificado em mim e eu nEle.

07 dezembro 2018

Deus apreciado

Tu és incompreensível, mas és o Deus que ouve as orações,
Conhecido, mas além da compreensão,
revelado, mas misterioso,
os meus desejos e meu bem-estar me atraem para Ti
porque Tu nunca disseste: procuras-me em vão.
A Ti venho em minhas dificuldades, necessidades e aflições;
possua-me Contigo com um espírito de graça e súplica,
com uma atitude de espírito de oração
com acesso ao calor da comunhão,
de modo que nas preocupações comuns da vida
meus pensamentos e desejos podem ascender para Ti,
e na devoção diária posso encontrar um recurso
que acalma as minhas tristezas, santifica os meus sucessos
e qualifica-me de todas as maneiras para lidar com meus semelhantes.
Eu Te bendigo porque me fizeste capaz
de Te conhecer o Autor de todos os seres,
de me assemelhar a Ti, a perfeição de toda a excelência,
de desfrutar de Ti, a fonte de toda felicidade.
Ó Deus, atende-me em todas as partes da minha árdua e difícil peregrinação;
Preciso do mesmo conselho, defesa, conforto que encontrei no começo.
Deixe minha religião ser mais evidente para minha consciência,
mais perceptível para aqueles que estão ao meu redor.
Enquanto Jesus está me representando no céu,
que eu possa refleti-lo na terra,
Enquanto Ele invoca a minha causa,
que eu possa mostrar Teu louvor.
Continue a ternura da Tua bondade para comigo,
E se eu acordo ou durmo, deixa a Tua presença comigo,
que a Tua benção me acompanhe.
Tu me guiaste e encontrei as Tuas promessas verdadeiras,
Eu tenho ficado triste, mas Tu és a minha ajuda,
temeroso, mas Tu me livraste,
desesperado, mas Tu me levantaste.
Teus votos estão sempre sobre mim
E eu Te louvo, ó Deus.

05 dezembro 2018

Misercórdia Divina

Tu Eterno Deus
Tua grandeza é insuperável, bondade indescritível e graça superabundante;
Eu posso contar as areias das praias do oceano como o número de Teus favores em relação a mim;
Eu conheço apenas em parte, mas essa parte excede todo o louvor.
Eu Te agradeço por misericórdias pessoais,
ao que me concede de saúde, preservação do corpo,
conforto da casa e lar, suficiência de alimentos e roupas,
continuidade das capacidades mentais,
minha família, seu auxílio e apoio mútuo,
as delícias da harmonia e paz doméstica,
os assentos agora cheios e que poderiam estar vagos,
por meu país, igreja, Bíblia e fé.
Mas, oh, como eu lamento o meu pecado, ingratidão, vileza,
os dias aumentam a minha culpa
as circunstâncias testemunham a minha língua ofensiva;
Todas as coisas no céu, terra, ao redor, dentro e fora, me condenam — o sol vê os meus erros,
a escuridão que é luz para Ti
o acusador cruel que justamente me cobra,
os bons anjos que foram provocados a me deixar,
o Teu semblante que perscruta meus pecados secretos,
a tua justiça, a tua santa Palavra,
minha consciência suja de pecado,
minha vida privada e pública,
meus vizinhos, eu mesmo –
todos escrevem coisas tenebrosas contra mim.
Eu não os nego, não apresento desculpas, mas confesso: "Pai, eu pequei";
Ainda assim vivo e vou arrependido aos Teus braços estendidos;
Tu não me expulsarás, porque Jesus me conduz para perto,
Tu não me condenarás, porque ele morreu em meu lugar,
Tu não medirás as minhas montanhas de pecado, pois ele nivelou todas elas,
e Tua beleza cobre as minhas deformidades.
Ó meu Deus, eu me despeço do pecado, agarrando-me à Tua cruz,
escondendo-me em Tuas feridas e abrigando-me ao Teu lado.

04 dezembro 2018

A Divina vontade

Oh, Senhor!
Eu me inclino diante de Ti; eu vejo, creio e vivo
quando a Tua vontade, não a minha, é realizada;
Eu não posso alegar nada em mim em relação a qualquer dignidade e graça,
em relação à Tua providência e promessas,
mas somente o Teu beneplácito.
Se a Tua misericórdia me faz pobre e vil, bendito seja Tu!
Orações que surgem das minhas necessidades são preparativos para futuras misericórdias;
Ajuda-me a honrar a Ti, crendo antes do que sinto,
pois grande é o pecado se eu fizer dos sentimentos uma causa da fé.
Mostra-me quais dos meus pecados escondo de Ti
e ofuscam o Teu amor;
Ajuda-me a me humilhar pelos males do passado
Decidindo andar com mais cuidado,
Porque, se eu não andar em santidade diante Ti,
como posso ter certeza da minha salvação?
É aos mansos e humildes que a Tua aliança é apresentada,
conhecer a Tua vontade, ser perdoado e curado
aqueles que pela fé dependem e descansam na graça,
que são vivificados e santificados,
aqueles evidenciam o Teu amor.
Ajuda-me a orar com fé e assim descobrir a Tua vontade,
inclinando-me firmemente diante de Tua rica e livre misericórdia,
crendo que Tu darás o que prometeste;
Fortalece-me a orar com a convicção
de que tudo que recebo é Tua dádiva,
de modo que, eu possa clamar até que a oração seja atendida;
Ensina-me a crer que todas as respostas de misericórdia surgem
de diferentes situações de oração,
que quando a fé é iniciada ela é imperfeita e deve crescer,
como o solo rachado se abre mais e mais até a chuva chegar.
Assim esperarei a Tua vontade, e orarei para que isto seja feito,
e pela Tua graça me torne totalmente obediente.

03 dezembro 2018

O Movedor

Oh, Suprema Causa Motora
Que eu seja sempre submisso a Ti
seja dependente de Ti
seja encontrado no caminho onde Tu andas,
e onde o Teu Espírito se move,
cuidando para não me alienar de Ti,
de tornar-me insensível ao Teu amor.
Tu não moves os homens como pedras,
mas Tu os revestes com vida,
para que não sejam capazes de se moverem sem Ti,
mas em submissão a Ti, o primeiro movimento.
Ó Senhor, estou surpreso com a diferença
entre a minha dívida e meus méritos,
entre o estado em que estou agora e meu passado sem a graça,
entre o céu para o qual estou destinado e o inferno que mereço.
Quem me fez diferir, senão Tu?
pois não estava mais pronto para receber a Cristo do que os outros;
Eu não poderia ter começado a amar-Te, se primeiro não me tivesses amado,
ou estaria disposto a não ser que Tu primeiro me fizesses assim.
Que coroa caberia na cabeça de tal pecador!
Que tão alto progresso seria para uma pessoa infrutífera!
tais alegrias para um tão vil rebelde!
Infinita sabedoria lança o desígnio da salvação
na forma de aquisição e liberdade;
Que a merecida ira esteja escrita na porta do inferno,
Mas o dom gratuito da graça no portão do céu.
Eu sei que os meus sofrimentos são o resultado do meu pecado,
mas eles cessarão no céu;
Conceda-me alcançar este refúgio e terminar o velejar
e que os vendavais da tua misericórdia me coloquem a salvo no porto.
Permita que o Teu amor me aproxime de Ti,
desmama-me do pecado, mortificando-me para este mundo,
e me prepare para minha partida dele.
Segura-me pela Tua graça enquanto navego através deste mar tempestuoso.

O Todo-bondoso

Meu Deus
Tu me ajudaste a ver
tudo o que é bom para a honra e regozijo,
quão bom é aquele que os dá, e também pode retirá-los;
que bem-aventurança não está tanto em receber o bem que vem de Ti,
mas em obter a Tua glória e virtude;
que é algo maravilhoso ver a Divindade
falando, agindo, preenchendo, brilhando através duma criatura;
que nenhum bem há além de Ti
que estou perto do bem, quando estou perto de Ti
que ser semelhante a Ti é algo glorioso:
Este é meu fascínio, a minha atração.
Tu és todo meu bem em tempos de paz,
meu único apoio em dias de problemas,
minha única suficiência quando a vida findar.
Ajuda-me a ver quão boa é a Tua vontade em tudo
mesmo quando ela contraria a minha vontade
ensina-me a estar satisfeito nela.
Concede-me perceber-Te no fogo da provação, na provisão e em toda providência,
e ver que muitos dos Teus dons e criaturas
são apenas as Tuas mãos e dedos que me seguram.
Tu insondável fonte de todo bem,
Eu me entrego a Ti por amor
porque tudo que tenho ou possuo é Teu,
meus bens, família, igreja, eu mesmo,
para fazer o que quiseres,
honra a Ti mesmo através de mim, e por meio de tudo o que possuo.
Se for consistente com os Teus conselhos eternos,
o propósito da Tua graça
e a grandiosa finalidade da Tua glória
então, me conceda as bênçãos do Teu conforto;
Se não, deixe-me entregar-me às tuas mais sábias determinações.

O grande Deus

Oh, fonte de todo bem!
Destrua em mim todo pensamento arrogante
Quebre o orgulho em pedaços e espalhe-o ao vento.
Aniquile cada fragmento de justiça própria
Implante em mim a verdadeira humildade de espírito
humilhe-me com uma aversão e ódio de mim mesmo,
Abre em mim uma fonte de lágrimas de arrependimento
Quebranta-me, então subjugue-me;
Assim o meu coração será uma morada preparada para o meu Deus;
Então o Pai fará a sua habitação em mim,
Então o bendito Jesus virá curar com o seu toque,
Então o Espírito Santo descerá em graça santificadora;
Ó Santíssima Trindade, três Pessoas e um só Deus
habita em mim, um templo consagrado à tua glória.
Quando Tu estás presente, o mal não pode permanecer;
Em Tua comunhão há plenitude de alegria,
Abaixo do Teu sorriso está a paz de consciência
Ao Teu lado, nenhum medo perturba,
Nenhuma apreensão elimina o descanso da mente,
Contigo o meu coração florescerá com fragrância;
Faz-me receber, com arrependimento, a tua habitação.
Nada excede ao Teu poder,
Nada é grande demais que não possa fazer por Ti
Nada é bom o suficiente que possa dar-Te.
Infinito é o Teu poder, e o Teu amor é sem limites
ilimitada é a Tua graça, glorioso o Teu nome salvador.
Que os anjos cantem pelos pecadores se arrependendo, pródigos restaurados,
apóstatas regenerados, cativos de Satanás que foram libertos,
olhos cegos que foram abertos, corações despedaçados que foram refeitos,
os desanimados agora aplaudem, os que se auto-justificam despojaram-se,
o legalista afasta-se do refúgio de mentiras,
o ignorante é iluminado,
e santos são edificados em sua santa fé.
Eu peço grandes coisas de um grande Deus.

30 novembro 2018

Deus sobre tudo

Tu que tudo conquistará
Não há conforto em nada
além da satisfação em Ti
e estando comprometido em Teu serviço;
Tu és tudo em todos, e todos os prazeres é o que tens para mim
Tu os criastes, e não o fazes mais.
Eu estou satisfeito com a Tua vontade, seja qual for
ou em todas as situações,
E se me pedires que decida por mim mesmo em qualquer caso,
Eu escolheria encaminhar tudo para Ti
pois Tu és infinitamente sábio e é incapaz de errar
no entanto, eu corro o perigo de falhar.
Eu me alegro em pensar que todas as coisas estão à Tua disposição,
e me deleito em deixá-las Contigo.
Então a oração se transforma em louvor,
e tudo que posso fazer é adorar e Te bendizer.
O que darei por todos os Teus benefícios?
Eu estou indeciso entre dois fatos, não sabendo o que fazer;
Eu anseio retornar-Te algo, mas não tenho nada a oferecer,
e só posso me alegrar, pois Tu fazes tudo,
porque ninguém no céu ou na terra compartilha da Tua honra;
Eu nada posso fazer de mim mesmo para glorificar o Teu bendito nome,
mas eu posso, alegremente, através da graça, entregar alma e corpo para Ti,
Eu sei que Tu és o autor e consumador da fé,
que toda a obra da redenção é Tua somente,
que toda boa obra ou pensamento encontrado em mim
é o efeito do Teu poder e graça,
que o Teu único motivo em operar em mim, tanto o querer como o realizar
é para o Teu beneplácito.
Ó Deus, é maravilhoso que os homens possam falar tanto
sobre o poder e a bondade criada no homem,
no entanto, se Tu não nos detivesse a cada momento,
seríamos como demônios encarnados.
Isso, por amarga experiência, Tu me ensinaste a respeito de mim mesmo.

29 novembro 2018

A Trindade

Três em Um, Um em Três, Deus da minha salvação
Pai Celeste, Filho Abençoado, Espírito Eterno
Eu Te adoro como um Ser, uma Essência,
um Deus em três Pessoas distintas,
por trazer pecadores ao teu conhecimento e ao teu reino.
Pai, Tu me amaste e enviaste Jesus para me redimir;
Ó Jesus, Tu me amaste e assumiu minha natureza
derramou Teu próprio sangue para lavar os meus pecados,
justiça forjada para cobrir a minha indignidade;
Ó Espírito Santo, Tu me amaste e entrou no meu coração
implantando nele a vida eterna,
e revelou-me as glórias de Jesus.
Três Pessoas e um Deus, eu Te bendigo e Te louvo
por amor tão imerecido, tão indescritível, tão maravilhoso,
tão poderoso para salvar os perdidos e elevá-los à glória.
Ó Pai, eu Te agradeço que na plenitude da graça
Tu me deste a Jesus
ser Tua ovelha, joia, porção;
Ó Jesus, eu Te agradeço que na plenitude da graça
Tu me aceitaste, desposaste, vinculaste;
Ó Espírito Santo, eu Te agradeço que em plenitude da graça
Tu expuseste Jesus como a minha salvação
implantou fé dentro de mim
subjugou o meu obstinado coração,
me fez um com Ele para sempre.
Ó Pai, Tu estás entronizado para ouvir minhas orações,
Ó Jesus, a Tua mão está estendida para receber minhas petições,
Ó Espírito Santo, Tu estás disposto a auxiliar-me em minhas fraquezas,
para mostrar-me a minha necessidade, para fornecer palavras, e orar dentro de mim,
para fortalecer-me a fim de que eu não desmaie em súplica.
Ó Deus Triúno, que comanda o universo,
Tu me mandaste pedir essas coisas
que dizem respeito ao teu reino e minha alma.
Deixe-me viver e orar como alguém batizado no tríplice nome.

28 novembro 2018

O Vale da Visão do Senhor

Alto e Santo, Manso e Simples
Trouxe-me para o vale da visão,
onde moro nas profundezas, mas Te vejo nas alturas;
cercado por montanhas de pecado, vejo a Tua glória.
Deixe-me aprender pelo paradoxo
que o caminho que abate é o caminho que exalta
que inclinar-se é ser enaltecido,
que o coração quebrantado é o coração curado,
que o espírito contrito é o espírito de alegria,
que a alma arrependida é a alma vitoriosa,
que não ter nada é possuir tudo,
que levar a cruz é usar a coroa,
que dar é receber,
que o vale é o lugar da visão.
Senhor, as estrelas diurnas podem ser vistas nos mais intensos abismos,
e quanto mais profundos eles são, maior é o brilho das Tuas estrelas;
Deixe-me encontrar a Tua luz na minha escuridão
a Tua vida na minha morte
a Tua alegria na minha tristeza
a Tua graça no meu pecado
as Tuas riquezas na minha pobreza
a Tua glória no meu vale.

O Vale da Visão: Uma coleção de orações e devocionais puritanas

O Vale da Visão:
Uma coleção de orações e devocionais puritanas

Editado por Arthur Bennett

O fardo do vale da visão (Isaías 22.1)

THE BANNER OF TRUTH TRUST
Edimburgo
1975



CONTEÚDO

Prefácio
Introdução: A Visão do Vale
1. Pai, Filho e Espírito Santo
A Trindade
Cristo é tudo
Deus é tudo
Plenitude em Cristo
Deus a fonte de todo bem
União com Cristo
O grande Deus
O nome de Jesus
O Todo-bondoso
Somente Cristo
O Causador
Jesus minha glória
A vontade divina
O amor de Jesus
Misericórdias divinas
Amor a Jesus
Deus apreciado
A segunda vinda
Uma presente salvação
Spiritus Sanctus
Principal fim do homem
Deus o Espírito
Honrado Deus
O Espírito de Jesus
Adoração e gratidão
A obra do Espírito
O dom dos dons
O Espírito como mestre
Cristo a Palavra
2. Redenção e reconciliação
O caminho do evangelho
O precioso sangue
O pecador despertado
Amor ilustrado no Calvário
O Espírito convencedor
O Salvador
O clamor de um pecador convencido
Reconciliação
Deus e eu
Libertação
O Mediador
Regeneração
Ressurreição
Vivendo para Jesus
Eleição
Preservado por Deus
Chamado cristão
Uma oração do cristão
Certeza
Graça sublime
A primeira oração do convertido
A grande descoberta
A vida vista
A devoção do neófito
Vitória
Os “nunca” do evangelho
Libertação
Verdadeira religião
Pertencendo à Jesus
3. Arrependimento e desaprovação
Autoconhecimento
O coração quebrantado
Ainda eu peco
Nada em si mesmo
O tenebroso convidado
Deficiências
Paradoxos
Retrocesso
Corações corruptos
Pecados
Autodesaprovação
Orgulho
As profundezas
Paixão
Contínuo arrependimento
Penitência
Confissão e petição
O homem um nada
Contrição
Um clamor por livramento
Humilhação
Misericórdia
Mortificação
Crucificação e ressurreição
Purificação
Novo começo
Reprovações
Confiança
4. Necessidades e devoções
Necessidade da graça
Escolhas
Conflito
Desejos
Perigo
Fé e o mundo
Necessidade de Jesus
Viajando
Fraquezas
Crescimento espiritual
O Infinito e o finito
Jornada
Fim de ano
Manhã
Novo ano
Necessidades matinais
A família
Dedicação matinal
Cuidadoso amor
Oração noturna
Suporte divino
Adoração noturna
Ativa graça
Renovo noturno
5. Santas aspirações
Saudades depois de Deus
Franqueza
Consagração e Adoração
Semelhança de Cristo
Descansando em Deus
Amor cristão
Devoção
Amor derramado
O toque pessoal
Apto para Deus
Promessas divinas
Confiança
Auxílios espirituais
Pacto
Refúgio
6. Recorrendo à Deus
Ato de recorrer
O trono
Em oração
Solicitações
Vivendo pela oração
Após a oração
Encontro com Deus
Um colóquio sobre a alegria
A oração do amor
7. Dons da graça
Deus Todo-suficiente
Conforto
Privilégios
Plenitude
Bençãos
Felicidade

Vocação
Amor
Confiança em Jesus
Alegria
Graça nos julgamentos
Contentamento
A graça da cruz
Repouso
O hino do Calvário
Sono
Sinceridade
8. Culto e ministério
A causa de Deus
Louvor de um ministro
Culto e capacitação
A Bíblia do ministro
Coisas necessárias
A pregação do ministro
Humildade no culto
Convicções bíblicas
O servo em batalha
Véspera do Dia do Senhor
Culto vão
O Dia do Senhor
Amoroso descanso em Deus
A manhã do Dia do Senhor
O renovo do discípulo
Adoração
Os males do ministro
A Ceia do Senhor
Uma oração do ministro
O ministro diante do Sacramento
Uma confissão do ministro
Noite do Dia do Senhor
A força do ministro
O pacto do ministro
9. Despedida
Terra e céu
Retrospectiva e prospectiva
Desejo celestial
10. Uma semana compartilhando orações
Manhã do primeiro dia - Adoração
Noite do primeiro dia – O Mestre
Manhã do segundo dia – Deus sobre todos
Noite do segundo dia - Recompensa
Manhã do terceiro dia – Deus criador e controlador
Noite do terceiro dia – Antes de dormir
Manhã do quarto dia – Verdadeiro Cristianismo
Noite do quarto dia – Deus Todo-suficiente
Manhã do quinto dia – O Doador
Noite do quinto dia - Proteção
Manhã do sexto dia – O evangelho
Noite do sexto dia - O Mediador
Manhã do sétimo dia – O beneplácito de Deus
Noite do sétimo dia – Bençãos futuras



NOTA

A força do caráter e da vida puritana estava na oração e na meditação. Nesta prática, o espírito de oração era considerado de primeira importância e a melhor forma de oração, pois a oração viva é a característica da genuína espiritualidade. No entanto, a oração também é espontaneamente verbalizada e pode, por vezes, ser escrita. Consequentemente, na tradição puritana, existem muitas orações e meditações escritas que constituem um corpus importante de inspiradora literatura devocional.
Muitas vezes, a oração ex tempore carece de variedade, ordem e definição. A razão para isso está em parte em negligenciar a devida preparação. É aqui que o cuidado e o rigor das Escrituras, que os outros acham necessário em se referirem a Deus, podem ajudar. Este livro foi preparado não para "fornecer" orações, mas para estimular e encorajar o cristão enquanto ele trilha o caminho em que os outros já passaram.

O autor foi um cônego da Catedral de St. Albans, e durante uma temporada também reitor de Little Munden e Sacombe, Hertfordshire, e foi durante dezessete anos um orientador em Teologia Bíblica e Doutrina Cristã no All Nations Christian College. Ele morreu em outubro de 1994 aos 79 anos.


Aos meus colegas e alunos
do All Nations Christian College, Ware,
pelos dez anos de comunhão em Cristo



PREFÁCIO

As orações neste livro são extraídas de um amplo esquecida coletânea de exercícios espirituais, meditações e aspirações dos puritanos. Eles testificam a riqueza e a diversidade do pensamento e linguagem evangélica que motivaram a piedade vital num importante fluxo da vida religiosa inglesa. Espera-se que a sua publicação ajude a corrigir a negligência deste vasto oceano de espiritualidade puritana.

O movimento Puritano foi um fenômeno religioso dos séculos XVI e XVII, mas a sua influência continuou pelo menos até ao período de Charles Haddon Spurgeon (1834-92), que pode ser considerado o último dos grandes puritanos. Embora a tempestade política tenha terminado em 1660, o seu fluxo teológico levou adiante formas distintas de religião prática por muitas décadas, particularmente o culto familiar e a devoção particular. Nessas esferas, e naquelas da autoridade das Escrituras ao longo de toda a vida, os presbiterianos e congregacionais da Nova Inglaterra estavam unidos aos Dissidentes Ingleses e aos Anglicanos Evangélicos num estreito vínculo que transcendia as diferenças de culto, disciplina e sistema de governo. Eles falavam a mesma linguagem espiritual, compartilhavam o mesmo código de valores, adotavam a mesma atitude em relação à religião cristã e exalavam as mesmas aspirações centradas em Deus de uma maneira que torna impossível distinguir a voz de um conformista de um não-conformista. Assim, este livro de orações puritanas tem uma unidade que não é encontrada frequentemente em obras similares. A força do caráter e da vida puritana estava na prática da oração e da meditação. Muitos dos que possuíam as doutrinas da graça escreveram um relato das relações íntimas de Deus com suas almas, não visando a publicação, mas, como no caso de David Brainerd, para testar o seu crescimento espiritual, e para encorajarem-se em sua releitura em tempos de declínio no fervor espiritual. Outros, como William Jay e Henry Law, transformaram as suas devoções pessoais em formas corporativas para o culto familiar e as publicaram na igreja para o uso em geral. Outros, como Philip Doddridge e William Romaine, escreveram orações em suas obras literárias para evocar a resposta espiritual do leitor. Muitos ministros foram além e aconselharam as suas congregações a colocarem os seus pensamentos de orações particulares no papel e a vocalizá-las. Surgiu assim um importante corpus de inspiradoras orações puritanas que ainda são amplamente utilizadas.

Ao extrair essa seleção da literatura puritana foi necessário mudar algumas orações do plural e da terceira pessoa para o singular e primeira pessoa, a fim de que o livro pudesse ser usado principalmente na devoção privada. Mas, se fizer uma mudança de pronome, a maioria delas podem ser usadas no culto congregacional. Uma seção final foi adicionada para ocasiões de culto corporativo. O estilo de linguagem antigo foi preservado, mas foi necessário reformular algumas frases para acomodar o pensamento arcaico ao entendimento moderno. Várias orações foram originalmente experiências espirituais, como no caso de Thomas Shepard, e outras são convergências de diferentes fontes para unir um determinado tema.

Uma forma poética foi adotada como uma ajuda para facilitar a compreensão e expressão. Cada oração consiste num número de cláusulas principais com cláusulas subsidiárias que iluminam e ampliam o assunto. Desta forma, fornece-se a oportunidade para pausas e reflexões. O editor é, portanto, responsável pela estrutura das orações, como está impresso. O livro não se destina a ser lido como um manual de oração. A alma aprende a orar, orando. A oração é comunhão com um Deus transcendente e imanente que, com base em sua natureza e atributos, suscita todos os poderes da alma redimida em atos de total adoração e dedicação. As orações devem, portanto, ser usadas como unidades de aspiração, as várias partes das quais poderiam se tornar o ponto de partida para os assuntos de oração do indivíduo. Essas orações e suas divisões também podem servir a propósitos homiléticos.

As orações foram retiradas das obras de Thomas Shepard, Thomas Watson, Richard Baxter, John Bunyan, Isaac Watts, William Williams, Philip Doddridge, William Romaine, David Brainerd, Augusto Toplady, Natal Evans, William Jay, Henry Law e Charles Haddon Spurgeon . Eles são recomendados com a oração de Philip Doddridge, que, “por mais fraca e desprezível que esta obra possa parecer aos olhos dos filhos deste mundo, e por mais imperfeita que seja, pode, no entanto, viver diante de ti, e que através de um divino poder possa produzir a edificação e progresso da religião cristã.”

Desejo agradecer ao Rev. Iain H. Murray, do Banner of Truth Trust, por seu encorajamento em produzir este trabalho, o sr. S.M. Houghton, cujas boas críticas foram aceitas, e o Rev. R.E. Davies, que ajudou a resolver alguns pontos teológicos. Agradeço aos curadores do British Museum, da Dr Williams' Library e da Evangelical Library pelo acesso a livros que estão esgotados.

ARTHUR BENNETT


P.S.* Este é o início da tradução do livro. A minha intenção é de traduzir todo o livro e disponibilizá-lo.

12 março 2018

Carta de amor para uma lésbica

Por Jackie Hill-Perry



Querida ___________________ :



Apenas quero que saiba que entendo você.

Entendo como se sente ao apaixonar-se por uma mulher. Nada querer senão estar com ela para sempre. Sentir como se o universo tivesse feito uma brincadeira cruel em seu coração ao permitir que caia nas mãos de uma criatura semelhante a você.

Eu também era lésbica. Estive atraída pelo mesmo sexo desde os cinco anos. Quando cresci, esses sentimentos não cessaram. Apenas cresceram. Vi-me apaixonando-me pelas minhas melhores amigas, mas estava demasiadamente envergonhada para confessar a elas, e muito menos a mim mesma.

Aos 17 anos finalmente tomei a decisão de entregar-me a esses desejos. Comecei uma relação com uma jovem que se tornou a minha “primeira” experiência. A primeira vez que nos beijamos, senti tão natural, como se este sentimento fosse o que eu desejava todo esse tempo. Depois dela veio outra mulher e logo outra. Ambas as relações foram muito sérias, ambas duraram mais que um ano. Desfrutei dessas relações e amava muito essas mulheres. E cheguei ao ponto em que estava disposta a renunciar a tudo, incluindo a minha alma, para desfrutar de seus amores na terra.

Em outubro de 2008, agora com 19 anos, minha realidade superficial foi sacudida por um amor mais profundo: algo do qual havia ouvido falar antes, mas nunca tinha experimentado. Pela primeira vez, fui convencida de meu pecado de uma maneira que me fez considerar tudo o que amava (idolatrava), e as suas consequências. Olhei para minha vida e vi que havia me apaixonado por tudo, exceto por Deus, e aquelas decisões, em última instância, resultariam em minha morte eterna. Meus olhos se abriram e comecei a crer em tudo o que Deus diz em sua Palavra. Comecei a crer em tudo o que Ele disse acerca do pecado, da morte e do inferno e que era verdadeiro.

Surpreendentemente, ao mesmo tempo que o castigo pelo meu pecado se tornou uma realidade para mim, também percebi a beleza da cruz. Uma visão do Filho de Deus crucificado, recebendo a ira que eu merecia, e um túmulo vazio mostrando o seu poder sobre a morte; todas as coisas que havia ouvido antes, sem nenhum interesse, transformou-se na revelação mais gloriosa do amor imaginável.

Após entender tudo o que teria que renunciar, disse a Deus: “Não posso desprender-me facilmente destas coisas e pessoas. Amo-as muito. Mas eu sei que és bom e suficientemente forte para ajudar-me”.

Agora com a idade de 23 anos, posso dizer com toda honestidade que Deus fez justamente isto. Ele me ajudou a amá-lo mais do que a qualquer coisa.

Por que acabo de lhe dizer isto? Apresentei um panorama de minha história porque quero que perceba que eu lhe entendo. Mas também quero que saiba que eu também entendo como é sentir estar amando ao Criador do universo. Nada mais querer do que estar com Ele para sempre. Sentir a sua graça, a melhor notícia para a humanidade. Ver o seu perdão, que Ele receberia um coração tão perverso em suas misericordiosas mãos.

Com isso em mente, estamos numa cultura onde as histórias como a minha parecem impossíveis, ou hilariantes, dependendo da audiência. A homossexualidade está em todos os lugares, desde a música e a televisão, inclusive nos esportes. Se você crer em tudo o que a sociedade tem a dizer acerca da homossexualidade, chegará à conclusão de que é completamente normal, inclusive admirável. Mas isso está longe de ser a verdade. Deus nos diz que a homossexualidade é um pecado abominável, e antinatural (Levítico 18:22; 20:13; Romanos 1:18-32; 1 Coríntios 6:9-11; 1 Timóteo 1:8-10). Mas se eu for honesta com você, às vezes, atrações homossexuais parecem ser naturais para mim.

Eu não creio que seja um exagero dizer que este pode ser o seu dilema também. Pode ver o que Deus tem a dizer acerca da homossexualidade, mas o seu coração não processa os mesmos sentimentos. A Palavra de Deus diz que é pecado; mas o seu coração diz que se sente bem. A Palavra de Deus diz que é abominável; mas o seu coração diz que é uma delícia. A Palavra de Deus diz que é antinatural; mas o seu coração diz que é totalmente normal. Você consegue ver a clara divisão entre o que diz a Palavra de Deus e como se sente o seu coração?

Então, em qual voz você deve crer?

Houve um tempo em minha caminhada com Cristo em que experimentei muita tentação de cair novamente no lesbianismo. Essas tentações me fizeram duvidar da Palavra de Deus. Minhas tentações e desejos começaram a ser mais reais para mim do que a verdade da Bíblia. Enquanto estava orando e meditando nestas coisas, Deus colocou esta impressão em meu coração: “Jackie, você tem que crer que minha Palavra é verdadeira, inclusive se ela contradiz o que você sente”. Uau! Isso é verdadeiro. Ou eu confio em sua Palavra, ou confio em meus próprios sentimentos. Ou busco a Ele pelo prazer que minha alma anela, ou busco coisas insignificantes. Ou caminho em obediência ao que Ele disse, ou rejeito a sua verdade como se fosse uma mentira.

A luta com a homossexualidade é uma batalha de fé. É Deus a minha alegria? É Ele suficientemente bom? Ou ainda busco cisternas secas para saciar uma sede que somente Ele pode satisfazer? Essa é a batalha. É um conflito para mim como o é para você.

A escolha é sua, minha amiga. Peço encarecidamente que creia em Cristo e fuja das mentiras de nossa sociedade, que coincidem com as vozes de seu coração, um coração que a Escritura diz que é mau e enganoso (Jeremias 17:9). Corra para Jesus.

Você foi criada para Ele (Romanos 11:36). Ele é definitivamente tudo o que você necessita. Ele é bom e sábio (Salmo 145:9). Ele é a fonte de todo consolo (2 Coríntios 1:3). Ele é amável e paciente (2 Pedro 3:9). Ele é justo e fiel (Salmo 33:4). Ele é santo e verdadeiro (1 João 1:9). Ele é o nosso verdadeiro Rei (Salmo 47:7). Ele é o nosso Salvador (Judas 1:25). E Ele lhe convida a ser não apenas serva, mas também a sua amiga. Se o amor duradouro é o que está buscando em qualquer outro lugar, você está correndo atrás do vento, em procura de algo que nunca encontrará, pouco a pouco sendo destruída por sua busca.

Mas em Jesus há plenitude de gozo. Em Jesus há uma relação que vale tudo, porque Ele é tudo. Corra para Ele.


Extraído de https://www.desiringgod.org/articles/love-letter-to-a-lesbian
Traduzido por Ewerton B. Tokashiki

03 janeiro 2018

Deus nos livre de criar filhos frágeis!

Homens de 18 anos pilotavam caças spitfire para defender Londres, que era bombardeada por pilotos da Luftwaffe, de 19 anos.

Com a guerra milhões morreram e os que sobreviveram voltaram para casa e tiveram que trabalhar duro para reconstruir seus países, tiveram filhos e envelheceram.
Comiam o que tinha pra comer.
Economizavam o que podiam e cuidavam e suas famílias.

Hoje a adolescência vai até os 35 anos.
Muitas crises.
Mundo cruel.
Muitas decisões.
Muita pressão.
Tudo o que fora construído, até hoje, está errado.

Caras de 30 anos tomam toddynho, fazem depilação, usam óleos especiais na barba - desenhada. Praticam Tai Chi Chuan ou treinam Muay Thay.

Não vestem couro, mas cânhamo.

Depois de uma semana árdua de trabalho, de 6 horas com 2 de almoço - digitando em teclados ergonômicos, ou projetando maçanetas menos estressantes para o mundo moderno, ou traduzindo poemas húngaros, ou atualizando blogs, reúnem-se com amigos, igualmente estressados em bares modernos - com ar condicionado, com mesas posicionadas segundo feng chui, ao som de gemidos de baleias ou de gaivotas imperiais de Vancouver ou de uma cachoeira de alguma serra que ninguém conhece.

Discutem problemas modernos. Para os quais têm todas as soluções. São delfins, gente que faltava para o mundo melhorar. Pena que chegaram tarde.

Pedem suflê de mandioquinha com alho poró, com traços de curry e framboesa selvagem - e harmonizam-na com caipirinha de aguardente de alecrim, com mixed de saquê e vinho crianza catalão, com adoçante natural destilado da casca da mini-jaca colombiana.

Finalizam com uma taça de café gourmet gelado (descafeinado, é claro), aromatizado com favas de baunilha de madagascar e raspas de limão siciliano - curtido no vapor de madeira verde (reciclada) da margem esquerda do rio Loire, cortada na primeira semana do outono.

O fim da night sarau de haicais nas ruínas de uma antiga fábrica ou em um terreno baldio, ou então a performance de algum grande diretor revolucionário desconhecido nu (por ser incompreendido e perseguido pela mídia/crítica burguesa pró-Temer e pró -Trump) que pinta o corpo de idosas igualmente nuas com tinta ecológica elaborada com pigmentos de terra trazida da Córsega, tendo ao fundo fotos - em preto e branco - de um fotógrafo cego - que não tem seu olhar moldado pelas convenções.

Chega em casa - liga a TV - coloca no canal alemão - embora não saiba sequer o presente do infinitivo do verbo Sein. Dorme com camiseta de campanha israelense (comprada de um turco numa viagem a Madrid) e meias pucket - uma de cada cor. Acorda de madrugada - toma água aromatizada, come meio polenguinho, e volta pra cama, mas não consegue dormir - indignado com a operação Lava Jato ou com a crise - orquestrada - na Venezuela.

Sofre, acorda com olheiras, toma um toddynho, pensa em chamar o Uber. Desiste, vai de bike. No caminho recebe a ligação da mãe. Chora e pede pra passar na casa dela depois do trabalho, pra comer peras e para que assistam juntos star trek.

Esse mundo é maravilhoso?


Texto anônimo

NUNCA ESQUEÇAM
"Tempos difíceis criam homens fortes. Homens fortes criam tempos fáceis. Tempos fáceis criam homens fracos. Homens fracos criam tempos difíceis."