08 maio 2006

O peso dos pais


No Decálogo o quinto mandamento é "honra o teu pai e a tua mãe para que se prolonguem os teus dias sobre a face da terra" (Êx 20:12). Mas, o que envolve esta honra? Podemos usar três palavras para descrever a honra: obediência, reverência e gratidão. A obediência é exercida enquanto os filhos estão debaixo da tutela dos pais, mas a sua obrigatoriedade absoluta cessa quando os filhos alcançam autonomia, ou casam. Mas, a reverência e a gratidão acompanham o coração do filho mesmo após a morte de seus pais.

Os pais quando envelhecem são um peso para os filhos? Para muitos são! E, esta é uma triste realidade criada pela desobediência do quinto mandamento. Mas, curiosamente a palavra "honrar" no hebraico é kabbad (lembrando que o Antigo Testamento foi escrito nesta língua) que literalmente significa grande, pesado e honra. Mas a idéia aqui não indica o peso do incômodo como alguns filhos interpretam os seus pais, mas significa o peso do valor que eles são e por tudo o que fizeram. Os pais têm grande peso de valor para os filhos, e é assim que Deus exige que os reconheçamos.

Porquê Deus preferiu usar a palavra honrar, e não amar? O Senhor poderia ter ordenado "Ame o teu pai e a tua mãe", mas Ele escolheu o verbo honrar. Martinho Lutero sugere que "honra é mais elevada do que o simples amor, ela inclui um temor que une ao amor e faz com que a pessoa tenha mais receio de ofendê-los, do que de ser castigada" (Das Boas Obras). É este receio de ofender que caracteriza a obediência do quinto mandamento.

Os pais devem ser honrados por serem a primeira e contínua autoridade na nossa vida. Novamente podemos citar Lutero observando que Deus "separa e destaca pai e mãe acima de todas as outras pessoas na terra e os põe ao lado Dele" (Catecismo Menor). A devoção filial é tão correta como necessária como parte da nossa sanidade mental, emocional e espiritual. Afrontar, ou desprezar os pais é violentar a própria alma, porque Deus quando nos criou também nos estruturou para honrar os nossos pais. Por isso, que um relacionamento distorcido ou pecaminoso, pode gerar sérias e dolorosas conseqüências na vida dos filhos. Paulo mencionando este mandamento diz "honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra" (Ef 5:2-3).

Algumas sugestões práticas para que você possa honrar os teus pais:

  • Providencie o sustento necessário se eles precisarem.
  • Respeite-os temendo ofendê-los.
  • Obedeça sem murmurações, nem amarguras.
  • Valorize-os por tudo o que já fizeram por você.
  • Escute as suas opiniões e conselhos.
  • Não tenha vergonha da pobreza, doenças e simplicidade dos teus pais.
  • Não os difame em suas falhas.
  • Não ridicularize os seus defeitos pessoais.
  • Não despreze a sua experiência.
  • Não irrete-os, provocando-lhes a ira.
  • Não gere neles o sentimento de fracasso.
  • Não lhes passe a impressão de que são um estorvo na sua vida.

Nenhum comentário: