30 setembro 2006

Qual é a sua motivação para trabalhar?

As pessoas medem o valor do seu trabalho pelo que ganham. Não é errado que se veja assim, pois “o trabalhador é digno do seu salário” (1 Timóteo 5:18, no grego o advérbio "digno" não significa necessariamente merecer, mas estar em conformidade). O pagamento é a recompensa da prestação de serviço realizado a outra(s) pessoa(s). Deve ser uma troca justa.

Mas, não devemos trabalhar somente pelo dinheiro, isto minimizaria o valor ético do trabalho. A nossa motivação para o trabalho não deve ser a ganância, mas o bem-estar social, que também desfrutaremos. O meu trabalho para ser produtivo deve beneficiar o maior número de pessoas possível.

Trabalhamos para a nossa própria auto-realização. Como é doloroso sentir-se inútil, improdutivo e descartável. São palavras aplicadas sem compaixão às pessoas que estão na sociedade e que não trabalham dentro das convenções sociais pós-modernas. Quando realizamos uma função na sociedade somos reconhecidos pela nossa participação nela. O trabalho quando produz benefício moral sempre dignifica.

Acima de tudo trabalhamos para a glória de Deus. Deus criou o trabalho (Gênesis 2:15). O trabalho não tem o propósito de ser uma punição, mas parte da nossa adoração e obediência a Deus, por isso, a ociosidade e a preguiça são chamadas de pecado (Provérbios 6:6). Use os teus dons e habilidades com a motivação correta e seja cada vez melhor no que faz, e a honra será o teu memorial. Seja exemplo para os seus filhos.

Nenhum comentário: